Eu acho que tudo o que eu tinha pra falar sobre a terceira temporada de The Walking Dead eu falei aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui. Cansei de assistir, não tinha mais o que falar além de reclamar e reclamar…

Mas vou aproveitar esse MATERIAL que reuni durante o fim de semana pra mostrar que a queda na qualidade de história, na maneira como a história está sendo contada, é diretamente ligada a essa coisa de “mais ação” que resolveram colocar na terceira temporada… Primeiro, o vídeo clássico SÓ com as mortes dessa primeira parte.




Agora o que mais chama à atenção… Esse infográfico que o jornal canadense National Post fez com todas as informações ESTATÍSTICAS de mortes na série. Quem matou, as armas utilizadas e, o mais impressionante, a quantidade de zumbis mortos em toda a série, tudo temporada por temporada.

A primeira temporada é a que menos mortes teve — assim como também é a que menos episódios teve, apenas meia-dúzia. A merda é perceber, porém, que a terceira temporada, com apenas OITÔ! episódios exibidos — e ainda faltando outros OITÔ! — já superou o número de mortes da segunda temporada, que teve treze.

Numas contas bem rápidas (para quais eu usei calculadoras, obviamente), a primeira temporada teve média de 9,3 de zumbis ~desativados pro episódio (e, provavelmente, esse 0,3 é a minazinha da bicicleta kkkk). A segunda aumentou um pouco, passando pra 10,6 zumbis SILENCIADOS por episódio — e aí contando as buscas pela Sophia e a limpeza do celeiro, ALÉM da horda.

Vem então a terceira temporada e praticamente DOBRA a média, com 19,25 zumbis desligados POR EPISÓDIO. Falando porcentês, isso corresponde a 44,1% de TODA a série. Em OITÔ episódios, já mataram quase metade dos zumbis que mataram em outros DEZENOVE.

Sei lá. Eu sei que o pessoal que assiste à série e SÓ à série deve estar adorando. Mas eu prefiro muito mais a história contada do jeito que era até a outra temporada. Se é pra ver zumbi morrendo eu assisto Zumbilândia, Madrugada dos Mortos, vou jogar videogame… :P

Você já tá seguindo o Judão no Twitter, Facebook, Google+ e Tumblr?! Pois deveria. ;D