Eu comecei a acompanhar The Walking Dead pela televisão. Gostei de um ou dois episódios e fui atrás das histórias em quadrinhos, que eu acabei devorando antes mesmo do próximo episódio — todas as 80 e poucas edições publicadas até aquele momento. Eu fiquei viciado naquele mundo criado por Robert Kirkman e, de repente, a série passou a ser MUITO mais interessante pra mim.

Sim, há muita coisa diferente, de personagens a storylines, mas há também muitas coisas parecidas — ou pelo menos ligadas, de alguma maneira. E, confesso, foi um tanto ~emocionante assistir ao featurette The Ink Alive, presente no Blu-ray da segunda temporada da série, que só sai no mês que vem e que nós temos, aqui no JUDÃO, com exclusividade. No UNIVERSO. :D

No vídeo, Kirkman comenta por quase 10mins (ou seja, 10% de todo o conteúdo extra do box :D) justamente sobre essas diferenças e semelhanças entre os quadrinhos e a série de TV, suas ideias e experiências sobre seu trabalho nas duas mídias e conta algumas curiosidades.

Por exemplo, ele teve de “forçar” os roteiristas da série a fazerem com que o chapéu do Rick fosse recuperado na primeira temporada, só pra depois ele poder dar a Carl. “Aquilo era muito importante pra mim”. :)

O vídeo, infelizmente, não está legendado — o que não significa que não estará no Blu-ray, é claro, mas não deve ser problema nenhum acompanhar. E, qualquer coisa, também, você já pode reservar o seu Blu-ray pra depois assistir a tudo bonitinho, com legenda e em HD, né? :D

Você já tá seguindo o Judão no Twitter, Facebook, Google+ e Tumblr?! Pois deveria. ;D